Bem vindo ao Instituto Maxiloface


  Contato : (21) 98123-5259

Estomatologia

A Estomatologia é uma especialidade que tem como finalidade prevenir, diagnosticar e tratar as doenças que se manifestam na cavidade da boca, na face e pescoço e nos ossos do complexo maxilo-mandibular. Também é atribuição do estomatologista estar atento para o diagnóstico, e o devido encaminhamento ao médico, de doenças sistêmicas que possam apresentar manifestação na boca ou que possam exercer alguma influência ou interação negativa com o tratamento odontológico.

Essas doenças podem variar de simples aftas até a lesões malignas e que precisam de um rápido diagnostico e tratamento.

Auto-exame

O auto-exame é extremante importante para que possa diagnosticar lesões na boca e procurar um profissional antes que o quadro se agrave. Deve ser realizado em um local bem iluminado, diante do espelho. Devem ser observados:

  • Mudança na cor da pele e mucosas
  • Partes endurecidas
  • Caroços e abcessos
  • Feridas que não cicatrizam dentro de 14 dias
  • Inchaços
  • Áreas dormentes
  • Dentes amolecidos
  • Dificuldade em engolir, falar ou mastigar.

Para fazer o auto-exame você deve:

  1. Lave bem a boca e remova próteses dentárias se este for o caso.
  2. De frente para o espelho, observe a pele do rosto e do pescoço. Veja se encontra algum sinal que não tenha notado antes. Toque suavemente com as pontas dos dedos todo o rosto.
  3. Puxe o lábio inferior para baixo, expondo a sua parte interna (mucosa). Em seguida, apalpe todo o lábio. Puxe o lábio superior para cima e repita a palpação.
  4. Com a ponta do dedo indicador, afaste a bochecha para examinar a parte interna da mesma. Faça isso nos dois lados.
  5. Com a ponta do dedo indicador, percorra toda a gengiva superior e inferior.
  6. Introduza o dedo indicador por baixo da língua e o polegar da mesma mão por baixo do queixo e procure palpar todo o assoalho da boca.
  7. Incline a cabeça para trás e abrindo a boca o máximo possível, examine atentamente o céu da boca. Palpe com o dedo indicador todo o céu da boca. Em seguida diga ÁÁÁÁ… E observe o fundo da garganta.
  8. Ponha a língua para fora e observe a parte de cima. Repita a observação com a língua levantada até o céu da boca. Em seguida puxando a língua para esquerda, observe o lado esquerdo da mesma. Repita o procedimento para o lado direito.
  9. Estique a língua para fora, segurando-a com um pedaço de gaze ou pano, apalpe em toda a sua extensão com os dedos indicadores e polegar da outra mão.
  10. Examine o pescoço. Compare os lados direito e esquerdo e veja se há diferenças entre eles. Depois, apalpe o lado esquerdo do pescoço com a mão direita. Repita o procedimento para o lado direito, palpando com a mão esquerda. Veja se existem caroços ou áreas endurecidas.
  11. Finalmente, introduza o polegar por debaixo do queixo e apalpe suavemente todo o seu contorno inferior.

Ao encontrar qualquer mudança no seu auto-exame nos procure para que possamos analisar o caso e, se for o caso, iniciar um tratamento adequado para o seu problema.

Vitor Marcello Andrade - Doctoralia.com.br